Loading
fechar

Acesse o conteúdo da Revista

Se você não tem cadastro, Cadastre-se agora

Acesse o conteúdo completo Assine a Revista

Impressa ou digital, em até 12x no cartão

Carrinho

Seu carrinho contém

Item Valor

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00
Subtotal R$ 149,90

Matérias

Encontre a matéria abaixo ou pesquise aqui

ou por Revistas Guias Seções Cadernos Especiais

Opinião » Sociedade de Advogados - 10ª edição

Gestão, Tecnologia e Inovação

85 anos da OAB/PE - A OAB/PE completa neste ano o seu 85° aniversário. Protagonista em diversos momentos da história pernambucana (e nacional), a nossa instituição conta com a imagem e a credibilidade consolidadas enquanto órgão representativo da sociedade civil organizada.
Ronnie Duarte é presidente da Ordem dos Advogados/Seccional Pernambuco

85 anos da OAB/PE - A OAB/PE completa neste ano o seu 85° aniversário. Protagonista em diversos momentos da história pernambucana (e nacional), a nossa instituição conta com a imagem e a credibilidade consolidadas enquanto órgão representativo da sociedade civil organizada.


Celebrar as conquistas do passado com os olhos voltados para o futuro da nossa octogenária instituição tem sido uma preocupação constante por parte de todos aqueles que integram o grupo que presentemente comanda a entidade.


O futuro - Importa mantermos a memória do passado, relembrando todos os que deram a sua cota de contribuição na construção da realidade institucional da nossa OAB. Conveniente, ainda, ter os pés fincados no presente, sempre atentos aos desafios que se nos arrostam face à atual conjuntura política e econômica no Brasil, condicionando o agir de qualquer liderança responsável. Imprescindível, contudo, o olhar que mire o futuro, planejando os novos 85 anos do porvir. A manutenção das conquistas e o avanço na defesa das bandeiras mais caras à sociedade e à advocacia passam pela necessidade de modernização nas ferramentas de gestão e de comunicação, pela busca pelo autoconhecimento, pela aplicação de novas tecnologias e, também, pela interiorização de princípios de governança.


Comunicação – Numa sociedade em que a tribulação cotidiana é acompanhada por um excesso de informação que atormenta a advocacia, impedindo que tomemos conhecimento de informações importantes para a nossa atuação profissional, temos um desafio: como levar ao conhecimento dos advogados pernambucanos as ações, as novidades técnicas, os serviços ofertados pela OAB/PE?


Lançamos neste mês uma plataforma de comunicação inovadora, apresentada e idealizada pelo cientista Silvio Meira, instituindo um modelo de interação em rede baseada não nas pessoas, mas em conteúdos. Os filtros permitem uma “triagem” na informação distribuída aos usuários: a visualização e a participação se dará a partir do interesse temático ou geográfico do advogado, otimizando o efeito da comunicação. Como resultado, por exemplo, os penalistas não receberão assuntos de interesse de civilistas e advogados de Araripina não estarão forçados ao recebimento de notícias de eventos de Surubim. A seletividade há de otimizar a eficiência da nossa comunicação.


Autoconhecimento – A otimização dos recursos e da performance das ações institucionais da OAB/PE passa pelo prévio conhecimento da nossa realidade, permitindo a identificação de prioridades. Conhecer-nos, sabendo quais as maiores dificuldades enfrentadas pela advocacia, identificando a segmentação da área de atuação, o perfil, a distribuição geográfica, bem como a representação econômica da nossa classe vem sendo um dos pontos para os quais dispensamos particular atenção.

No último ano, lançamos um aplicativo chamado “OAB Digital” mediante o qual o advogado tem um canal de contato direto com a OAB, permitindo-nos o monitoramento de todo e qualquer ambiente onde haja atuação profissional de advogados (fóruns, delegacias, penitenciárias, órgãos administrativos e até a própria OAB). O aplicativo permite, garantindo o sigilo de fonte (preservando a identidade do advogado denunciante), que sejam encaminhadas gravações de áudio, vídeo e imagens comprobatórias dos fatos relatados. Possibilita, ainda, que geremos estatísticas, medindo as situações mais críticas e permitindo uma atuação mais eficiente junto aos órgãos de correição competentes, já que o volume de queixas idênticas aumenta a credibilidade da iniciativa.


Pesquisas presenciais levadas a cabo por institutos de pesquisa independentes vêm sendo realizadas junto aos advogados, verificando o grau de satisfação e colhendo indicativos da qualidade do atendimento prestado em serventias judiciais, delegacias e unidades prisionais. O resultado da avaliação, indicativa de pontos positivos e negativos para os gestores públicos, é uma relevante contribuição prestada pela OAB à sociedade, permitindo o monitoramento da evolução qualitativa dos serviços públicos ofertados à população e ensejando, ainda, a possibilidade de reconhecimento dos servidores que se destacam positivamente, incentivando com isso a multiplicação das boas práticas que venham a ser identificadas.


Estudo sobre o polo jurídico – Somos uma instituição reconhecida, dentre outros aspectos, pela qualidade da representação (por sermos integrados essencialmente por uma categoria de profissionais formadores de opinião) e pela quantidade de associados. Mas qual a nossa representatividade econômica? Quais os números globais envolvidos nas nossas atividades?


Objetivando responder às indagações, contratamos a consultoria da Ceplan para a realização de um estudo sobre o polo jurídico em Pernambuco a partir de dados oficiais obtidos junto a fontes oficiais do Governo Federal. Os resultados demonstram uma inquestionável relevância da advocacia também para a economia do Estado de Pernambuco. Dentre as informações de maior relevo, pode-se destacar: a) um faturamento anual declarado de quase meio bilhão de reais; b) a liderança nas regiões Norte e Nordeste no que se refere à geração de empregos formais; c) um crescimento no faturamento de praticamente 10% ao ano, num total acumulado entre 2011 a 2016 de quase 60%; d) um faturamento anual médio por empregado da ordem aproximada de 145 mil reais/ano; e) somos o oitavo estado em todo o Brasil com o maior número de pessoas com ocupação no setor.


Governança – Lidamos, na OAB, com um orçamento considerável, fruto do pagamento de anuidades que muitos pagam com algum sacrifício. Considerando que não estamos submetidos a qualquer tipo de controle externo, devemos satisfação a toda a classe no que toca à aplicação dos recursos. Para termos a legitimidade para indigitar as faltas alheias, é importante a preocupação com a austeridade, transparência e eficiência na aplicação dos recursos.


Por isso, de maneira pioneira, contratamos uma das maiores empresas de consultoria do mundo, a Deloitte, para nos auxiliar na implantação de princípios de governança corporativa. Desde o início da atual gestão, debruçamo-nos na estruturação de processos internos, na renegociação de contratos, no dimensionamento e qualificação dos recursos humanos e implementação de mecanismos e sistemas de controle interno e de monitoramento estratégico. O objetivo é trazer para a nossa instituição as práticas de compliance adotadas nas grandes corporações privadas, sujeitando-nos voluntariamente a um conjunto normativo voltado especificamente a tais objetivos, a serem periodicamente alvo de auditoria externa independente.


Um trabalho de equipe – Em conclusão, posso dizer que, nos dias presentes, enquanto a sociedade testemunha a carência de espírito público em vários ambientes da vida nacional, tenho muito orgulho de estar à frente de uma instituição que evolui e se aprimora graças aos esforços de devotados funcionários e de três centenas de abnegados voluntários (diretores, conselheiros e membros de comissões temáticas) que, sem qualquer retribuição pecuniária e com prejuízo pessoal, plantam as sementes de um promissor futuro para a advocacia em nosso Estado.

Sociedade de Advogados - 10ª edição
Revista Negócios PE

Sociedade de Advogados - 10ª edição

Matérias desta edição

Sociedade de Advogados - 10ª edição
Negócios PE

Sociedade de Advogados - 10ª edição

Apenas R$ 29,90
Publicidade | Publicidade 03 - Banner Matrias
PUBLICIDADE