Loading
fechar

Acesse o conteúdo da Revista

Se você não tem cadastro, Cadastre-se agora

Acesse o conteúdo completo Assine a Revista

Impressa ou digital, em até 12x no cartão

Carrinho

Seu carrinho contém

Item Valor

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00
Subtotal R$ 149,90

Matérias

Encontre a matéria abaixo ou pesquise aqui

ou por Revistas Guias Seções Cadernos Especiais

Artigos » Negócios PE - 33ª Edição

Legados de Eduardo

Pelo Governador de Pernambuco João Lyra Neto

Não podemos escrever a história recente de Pernambuco sem o antes e o depois de Eduardo Campos. De fato, o estado nos últimos anos mudou seu perfil de desenvolvimento, crescendo acima da média nacional e batendo sucessivos recordes de investimento, gerando emprego e renda, progresso e interiorização do desenvolvimento. Tenho a honra de ter participado desta administração ao lado do governador Eduardo Campos e de ter vivido esses tempos da construção de uma nova história em Pernambuco. Agora, com maior responsabilidade ainda de concluir a obra iniciada sobre sua brilhante liderança. Seu trágico e precoce desaparecimento nos faz valorizar cada vez mais o legado deixado por ele, um político com coragem e compromisso com o povo pernambucano e brasileiro.

Ele se comprometeu a construir um novo Estado de Pernambuco e é o que fez, com ousadia, determinação, inovação, liderança e, sobretudo, sensibilidade social, deixando um exemplo de gestão que extrapola as fronteiras do nosso estado. Estive ao seu lado durante toda a gestão. Coordenei o grupo que reestruturou as áreas de Segurança Pública, Educação e Saúde e participei da concepção, estruturação e implantação do Pacto pela Vida. Além disso, em 2008, assumi a Secretaria de Saúde e pude elaborar o primeiro diagnóstico sobre as necessidades da saúde em Pernambuco.

“Ele se comprometeu a construir um novo Estado de Pernambuco”

Pude, com isso, testemunhar de perto seu dinamismo e enorme capacidade de liderança e trabalho. Por isso foi considerado o melhor governador do Brasil por diversas vezes através de pesquisas de institutos de opinião consagrados como Datafolha e Ibope e um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009, segundo a Revista Época. A administração de Eduardo Campos também foi reconhecida como uma das mais eficazes do país, premiada pelo Movimento Brasil Competitivo. Reconhecimento que não ficou apenas no Brasil. Ao reduzir, por sete anos seguidos, os índices de violência no Estado, o Pacto Pela Vida tornou-se um dos vencedores do mais importante prêmio de gestão pública do mundo da Organização das Nações Unidas (ONU).

Com moderna infraestrutura e novo modelo de gestão, Pernambuco se transformou num polo de desenvolvimento, atraindo cada vez mais empreendimentos industriais estruturadores, abrindo o Estado a inserção competitiva nos mercados internacionais, moldando um novo patamar para o futuro. Os números confirmam esse crescimento. De 2007 a 2013, o Prodepe contabilizou 714 projetos industriais para o Estado, com estimativa de geração de 68.750 vagas de empregos apenas na indústria. No total, mais de 560 mil novos empregos foram gerados em Pernambuco nesse período. Os investimentos chegaram à casa dos R$ 78 bilhões e foram distribuídos em todas as regiões do desenvolvimento.

Em 2013, das 65 empresas aprovadas pelo programa, 33 optaram por implantação ou ampliação das plantas em municípios do interior, quase 51% do total, enquanto a Região Metropolitana do Recife (RMR) abrigou os demais projetos. Vale ressaltar que, em 2007, o número referente aos investimentos para o interior representou 2,4% do total, e chegaram a 52,2% em 2013, confirmando de maneira inquestionável o processo de interiorização do desenvolvimento econômico previsto no foco prioritário da atual gestão do Governo de Pernambuco.

Eduardo deixou a marca de geração de emprego e renda, progresso e interiorização do desenvolvimento. E, na construção do futuro dos pernambucanos, investiu-se bastante na educação. O estado, que já figurou entre os piores índices de desempenho na educação básica do país, atualmente apresenta índices que superam, em muito, a média nacional. Hoje, temos a maior rede de ensino integral do Brasil. Das 1058 escolas da rede estaduais, 300 são de referência, sendo 125 integrais e 175 semi-integrais. Além disso, houve um significativo crescimento com a construção de novas escolas técnicas, que eram apenas cinco em 2007, e atualmente são 26. Para o fim de 2014, com a inauguração de mais 14 unidades na Região Metropolitana e no interior do estado, a rede estadual de ensino profissionalizante terá 40 escolas.

De olho no futuro e na qualificação dos jovens pernambucanos para enfrentar o mercado de trabalho aberto pelos empreendimentos que aportaram no estado nos últimos anos, Eduardo Campos, com sensibilidade social e espírito inovador, criou o Programa Ganhe o Mundo, que oferece intercâmbio internacional e cursos intensivos de idiomas – inglês e espanhol – para estudantes da rede estadual de Pernambuco.

Pensando nesse cenário econômico promissor, estabeleceu o programa como política pública de fortalecimento da língua estrangeira, que possibilita aos estudantes das escolas públicas a experiência de conviver com diferentes culturas. Entre 2012 e 2014, mais de 2.200 estudantes, com despesas totalmente custeadas, viajaram para intercâmbio nos Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Espanha, Argentina e Chile. A previsão é que, até o final deste ano, mais 1.600 alunos das escolas públicas do estado façam esse mesmo caminho.

É por isso que Pernambuco tem hoje a rede estadual de ensino mais atrativa do Brasil, segundo confirmam os dados do Instituto Nacional de Educação e Pesquisa Anísio Teixeira (Inep). A instituição aponta Pernambuco como sendo o Estado da federação com o menor índice de abandono escolar em 2013 para as escolas estaduais do ensino médio: 5,20%. O Estado também subiu 12 posições no IDEB, índice de desenvolvimento da educação básica. Obteve o maior crescimento no ensino médio entre todos os estados da Federação pulando, da 21ª posição, em 2007, e chegando ao 4º lugar no ranking nacional em 2014, sendo o estado com a maior evolução do país. Conectados às novas tecnologias, os estudantes do ensino médio de Pernambuco recebem um tablet como parte do material de estudo. Em três anos já foram entregues cerca de 350 mil equipamentos.

Na saúde, Pernambuco bateu recorde na aplicação de recursos e, por 7 anos consecutivos, figura entre os estados que mais aplicam receitas próprias no setor, sempre superando o mínimo regulamentado pela Emenda Constitucional 29, de, no mínimo, 12% de toda a arrecadação estadual, definido para os Estados brasileiros.

Quebrando uma inércia de meio século, três novos hospitais metropolitanos foram entregues à população, além da construção 15 Unidades de Pronto Atendimento em Pernambuco. A 16ª UPA está sendo construída no Bairro do Arruda, no Recife, e deve ser entregue até o final do ano. Além disso, já foram entregues 09 UPAEs (Unidades Pernambucanas de Atenção Especializada - UPAE) em Pernambuco e, até o final de 2014, outras seis unidades estarão em pleno funcionamento. Tudo isso gerando uma cadeia de oportunidades para empreendedores em diversas áreas, tanto na região metropolitana quanto no interior do estado.

Eduardo Campos legou aos pernambucanos um Estado melhor para se viver. O sentimento é do dever cumprido e sua gestão, para a qual fomos eleitos em 2006, enche de orgulho a todos pernambucanos. Mais que o crescimento e a revitalização da economia, o modelo de gestão e de todas as obras realizadas ao longo desses sete anos e meio, fica na memória dos pernambucanos o homem Eduardo Campos. Um político que honrou a confiança do povo e utilizou seu mandato em defesa dos mais pobres, multiplicando escolas públicas de qualidade, melhorando o atendimento de saúde à população, a segurança pública, o abastecimento d’água, a formação de mão de obra e o combate ao desemprego. Esse é o maior legado de Eduardo Campos.

Negócios PE - 33ª Edição
Revista Negócios PE

Negócios PE - 33ª Edição

Matérias desta edição

Publicidade | Publicidade 03 - Banner Matrias
PUBLICIDADE