Loading
fechar

Acesse o conteúdo da Revista

Se você não tem cadastro, Cadastre-se agora

Acesse o conteúdo completo Assine a Revista

Impressa ou digital, em até 12x no cartão

Carrinho

Seu carrinho contém

Item Valor

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00
Subtotal R$ 149,90

Matérias

Encontre a matéria abaixo ou pesquise aqui

ou por Revistas Guias Seções Cadernos Especiais

Matérias » Negócios PE - 23ª Edição

Mudança de patamar

Marcia Nejaim aposta numa sociedade com Suzana Azevedo buscando multiplicar seu tempo e ampliar seu horizonte profissional. O escritório ganha um sobrenome e passa a se chamar Nejaim & Azevedo Arquitetos Associados.

Por Drayton Nejaim | Foto Bosco Lacerda

A arquiteta Marcia Nejaim construiu em 32 anos uma reputação profissional que dispensa apresentações. Reconhecida pelo estilo e bom gosto, trabalhou em 2011 com cem projetos, batendo no teto de sua capacidade produtiva, o que a levou a dizer “desculpe, mas não posso” a alguns clientes.

Apesar da experiência acumulada, da marca construída e da amplitude geográfica do trabalho, que não se limita a Pernambuco, Marcia enfrentou no dia a dia o mesmo dilema da maioria dos profissionais liberais: como administrar seu tempo de forma produtiva e inteligente para render mais e melhor. Esse desafio tornou-se ainda mais evidente quando o cenário de ascensão econômica de Pernambuco e do Brasil multiplicou as demandas do setor.

Sem saber, a festejada arquiteta começou a resolver essa equação quando o acaso a aproximou, há uma década, de Suzana Azevedo. Marcia foi contratada para planejar e ambientar o apartamento dos pais de Suzana, o que deu origem à amizade. O tempo passou e a jovem foi estudar arquitetura em Boston no Wellesley College, uma das cinco melhores faculdades de liberal arts dos Estados Unidos, até que se formou em 2004, ingressando imediatamente no mestrado em design de interiores na Suffolk University, também em Boston, de onde saiu mestra.

Durante anos, a então estudante de arquitetura passou as férias no Recife e estagiou no escritório de Marcia. Nessas ocasiões, sempre trouxe novidades em materiais, tecnologia e gestão e recebeu em troca a influência de uma percepção estética incomum para os americanos. Depois de formada, Azevedo passou quatro anos atuando no Symmes Maini & McKey Associates, uma empresa de engenharia e arquitetura com atuação em empreendimentos comerciais, três escritórios nos Estados Unidos e 200 colaboradores.

A relação de amizade, somada ao respeito profissional, fez com que a volta de Suzana Azevedo ao Recife despertasse em Marcia Nejaim a vontade de profissionalizar a atuação de seu negócio e em Suzana a oportunidade de tornar-se sócia de uma marca consolidada com enorme potencial de expansão. Com esse olhar comum, surgiu a Nejaim & Azevedo Arquitetos Associados, deixando para trás o perfil de butique de arquitetura para se tornar um escritório organizado de modo a suportar escala, implantando processos, controles e impessoalizando tarefas administrativo-financeiras, que até pouco tempo eram resolvidas por Marcia Nejaim, um momento roubado de sua criação e produção arquitetônica, aquilo que verdadeiramente sabe e gosta de fazer.

A chegada de Suzana traz o know-how necessário para o dimensionamento dos recursos financeiros, técnicos e humanos, que serão monitorados com a implantação do Navis, uma solução tecnológica usada hoje pelos principais escritórios de arquitetura do país, que fornecerá com precisão números valiosos relacionados à movimentação financeira de cada projeto e ao uso e custo do tempo de cada arquiteto colaborador, informações que, analisadas, serão traduzidas em produtividade e rentabilidade. Azevedo traz também influências e experiências acumuladas no mercado americano, que pratica um alto nível de entrega nos serviços, o que inclui um padrão diferenciado para a apresentação visual e a defesa dos projetos.

“Nos Estados Unidos, a legislação é muito rigorosa em relação às responsabilidades assumidas pelos prestadores dos serviços envolvidos num empreendimento, o que significa atenção máxima a prazos, ao detalhamento de cada etapa do processo construtivo e aos itens especificados para a ambientação”, descreve Suzana, que é fluente também em francês e espanhol.

“Este momento é especial porque representa a mudança de uma cultura e de um modelo. Uma marca que deixa de ser o indivíduo para se tornar a identidade de uma empresa, permitindo sua expansão, perpetuação e um upgrade real na qualidade do produto oferecido”, contextualiza Marcia Nejaim, que completou 60 anos em janeiro.

Negócios PE - 23ª Edição
Revista Negócios PE

Negócios PE - 23ª Edição

Matérias desta edição

Publicidade | Publicidade 03 - Banner Matrias
PUBLICIDADE