Loading
fechar

Acesse o conteúdo da Revista

Se você não tem cadastro, Cadastre-se agora

Acesse o conteúdo completo Assine a Revista

Impressa ou digital, em até 12x no cartão

Carrinho

Seu carrinho contém

Item Valor

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00
Subtotal R$ 149,90

Matérias

Encontre a matéria abaixo ou pesquise aqui

ou por Revistas Guias Seções Cadernos Especiais

Colunas » Negócios PE - 32ª Edição

Mundo Empresarial

por Drayton Nejaim e Gisela Pitanga

Mobipass

Foto: estudioclicka.com

Saia sem fila. Foi nisso que o administrador Bruno Iglesias pensou ao planejar o aplicativo Mobipass, cujo serviço é o pagamento móvel das contas em estabelecimentos. Num primeiro momento, o aplicativo foi direcionado para casas noturnas, mas logo se expandiu para restaurantes e bares. “Nós integramos o aplicativo aos sistemas dos estabelecimentos comerciais e, pelo celular, os consumidores conferem e pagam suas comandas”, explica Bruno. Hoje são mais de 5 mil clientes ativos, com uma média de 250 usos por mês, número que deve crescer consideravelmente com a nova versão do Mobipass que será lançada no segundo semestre, compatível com mais tipos de estabelecimentos como redes de fast foods, por exemplo. “Também estamos fechando negócios em Campinas/SP e Belo Horizonte/MG, que serão nossas portas de entrada para o mercado do Sul e do Sudeste”, prevê Bruno.
 

 

O amor está no ar

Foto: Lacerda Estu?dio

O site Lua de Véu (www.luadeveu.com.br) tem a proposta de facilitar – em tudo – a vida dos noivos. O investimento no segmento de casamentos é um reflexo do mercado que movimentou em 2012 (de quando se tem os últimos dados oficiais) cerca de R$ 14 bilhões no Brasil e cresce a uma média anual de 15% a 20%. “O mercado está em ascensão e o Recife está na rota principal, não ficando em nada atrás dos eventos do Rio e de São Paulo. Por isso, inclusive, estamos apostando no público do Sudeste também”, contextualiza Carina Mendonça, sócia no projeto junto com Maria Emília Milfont e Mariana Carvalho. Ela informa que o site de casamento tornou-se um item fundamental no evento, um espaço para os noivos interagirem e fornecerem informações que não constam no convite tradicional, além da lista de presentes. Carina destaca ainda a parceria firmada com Clarice Freire, autora do blog Pó de Lua, que além de assinar alguns temas para os sites dos noivos, também criará um poema com a história do casal, nos moldes do Pó de Lua.
 

Jogo rápido
Com Mauro Santos, diretor regional da Bandeirantes Mídia Exterior, que assumiu a presidência do Conselho de Administração da Central do Outdoor durante o biênio 2014/2016. Para entender melhor como funciona a Central, que atua em 75% dos municípios brasileiros, conversamos com ele.

Foto: estudioclicka.com

Como atua a Central do Outdoor?
A Central é um órgão associativo com 37 anos de existência e seccional nos principais estados do País. Temos 1,3 mil empresas associadas e o objetivo de congregar, padronizar, representar, coordenar e defender os interesses das empresas e entidades ligadas à publicidade externa.

Você já presidiu a entidade em duas outras oportunidades. O que esperar desta nova gestão?
O Conselho já aprovou avanços reclamados pelo setor, a exemplo da incorporação de outros produtos de mídia exterior, como outdoors do tipo empena e front-lights. Filiar empresas que trabalham com tipos específicos de mídia exterior é outro objetivo importante para que tenhamos condições de representar bem todas as expressões, produtos e engenhos de mídia exterior.

Existe uma prioridade que une o segmento?
Sim, trabalhamos para implantar o Atlhas Geo, uma ferramenta de geoprocessamento que possibilita o cadastro de todos os engenhos de todas as cidades do País, sobretudo as maiores, contemplando as variações de produtos existentes na mídia exterior, o que possibilitará a escolha de pontos e engenhos cadastrados por qualquer agência de propaganda do Brasil. Quando estiver funcionando, viabilizará para o anunciante a escolha do mix de produtos por cidade, região ou bairros.

Qual a força da mídia exterior atualmente?
A mídia externa hoje é uma mídia de impacto e visibilidade única. A vida das pessoas tem a dinâmica da mídia exterior e por isso esse mercado vem crescendo consideravelmente na fatia do bolo publicitário no Brasil (em 2013 o crescimento foi de 20%), por ser uma mídia compulsória, da qual as pessoas não conseguem “fugir”.

 

Um ótimo exemplo

Foto: estudioclicka.com

A Disque Água, que presta serviços de abastecimento de água potável, conquistou reconhecimento nacional de melhor empresa no segmento de serviços em Pernambuco e destaque de boas práticas em Inovação e Responsabilidade Social. As premiações fazem parte da etapa regional do Prêmio de Competitividade para as Micro e Pequenas Empresas (MPE), promovido pelo Sebrae, e que contou com 93 mil empresas inscritas e apenas 125 selecionadas. No destaque Inovação a empresa desenvolveu, em parceria com a Telemetric, um trabalho de base tecnológica para monitorar todas as variáveis que envolvem a utilização de água dos clientes, inclusive identificando perdas e reduzindo o desperdício. Já no quesito Responsabilidade Social, contou com o apoio dos diretores, fornecedores, colaboradores e clientes no desenvolvimento do seu calendário de ações sociais, que vão desde o fornecimento rotineiro de água tratada para as comunidades próximas das fontes da empresa até doações em instituições como o Lar do Neném. “Mesmo empresas de menor porte podem ter grandes posturas e tentamos implementar pensamentos inovadores e audaciosos aqui. O prêmio registra o esforço de toda a equipe, que passou por diversas auditorias e entendeu que uma gestão de qualidade é responsabilidade de todos”, comemora Gustavo Veiga, diretor executivo da empresa.

 

Sem fronteiras

Foto: estudioclicka.com

O mercado de semi-joias (peças folheadas com metais nobres) no Brasil abrange atualmente 3 mil micro e pequenas empresas e movimentou mais de R$ 600 milhões em 2013. De olho nesse segmento, a servidora pública Márcia Medeiros resolveu tornar-se também empresária ao associar-se à Maria D’Itália Semi Jóias, cuja atuação é exclusivamente e-commerce (www. mariaditalia.com.br). A empresa possui 500 produtos vendidos apenas pelo site e aposta no mercado virtual como alavancador de vendas e crescimento. “A internet possibilita atingir o mundo inteiro, tanto que hoje nosso principal mercado é São Paulo, que responde por 40% das nossas vendas, seguido do Rio Grande do Sul”, expõe Márcia, que participa do Projeto E-commerce do Sebrae, cujo objetivo é fomentar a inovação nas empresas através do comércio eletrônico, tratando de temas como definição do modelo de negócio, planejamento estratégico, atendimento e relacionamento, marketing digital e outros.

 

Lei do Bem

Pouco divulgada, pouco utilizada. Assim é a Lei n. 11.196/2005, conhecida como Lei do Bem, para grande parte do setor empresarial em Pernambuco. E para o advogado com reconhecida atuação em Direito Empresarial, Rogério Neves Baptista, a desinformação de mecanismos tão valiosos é inconcebível. “Essa Lei é um instrumento da máxima valia para o empresário que busca desenvolver, na sua empresa, alguma pesquisa voltada à inovação tecnológica em produto ou serviço. O salto mais relevante é a simplificação do processo, porque não há exigência de apresentação de projeto algum, a quem quer que seja.” Ele explica que basta o preenchimento de formulário, até o mês de julho de cada ano, com informações que devem ser enviadas por meio eletrônico ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a quem compete atestar a inovação, porém ressalta que é fundamental que o empresário disponha de uma assessoria especializada para orientá-lo quanto a determinados aspectos jurídicos e contábeis. Para o advogado, o empresariado paulista percebeu melhor essa oportunidade: “O estado de São Paulo habilitou 362 empresas, e Pernambuco, apenas seis. Não tem contraste regional que justifique tamanha disparidade, é preciso mais atitude”, alerta Baptista.

 

Puro sangue

Foto: estudioclicka.com

Aos 32 anos, os obstáculos a serem ultrapassados por Marcelo Veiga mudaram consideravelmente. Conhecido e reconhecido no País como uma das promessas do hipismo nacional nos anos 1990, o jovem consultor hoje veste traje social e aposta na sua própria consultoria para novos saltos na carreira. Depois de sete anos como representante da Eficient Energia para o Norte/ Nordeste, Marcelo entendeu que estava pronto para usar sua respeitável rede de contatos em seu próprio negócio e abriu a Alligare Partners. “A Alligare nasce com foco no mercado imobiliário e em novos negócios. Queremos fomentar as demandas dos clientes através de um amplo network e conhecimento de mercado, sempre com uma visão estratégica”, explica Marcelo, que aposta nas relações de confiança como diferencial. “Não vendemos por vender, vendemos quando entendemos que, de fato, aquele é um bom negócio para o cliente. Nessa área de atuação, a fidelização é a grande chave para o crescimento”, aposta o jovem consultor.



Delino vencedor

“Delino Souza, a trajetória do nordestino que criou a maior indústria de tintas 100% brasileira”. Esse é o título do livro lançado pelo jornalista e escritor Jacques Cerqueira que revela a saga de seu Delino, 75, presidente das Tintas Iquine. Em 200 páginas “que voam”, Jacques passeia pela história desse vencedor na vida e nos negócios, narrando como imigrou do pequeno município paraibano de Jericó num pau de arara para São Paulo e chegou a Pernambuco, estado que serviu de plataforma para se tornar um empreendedor respeitado em todo o Brasil. A obra reúne depoimentos de amigos e admiradores, e tem renda revertida para o Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (Nacc) e a Fundação Perrone.
 

Ficção e realidade

A promotora de Justiça, Andrea Nunes Padilha lançou A Corte Infiltrada (Editora Carpe Diem), livro que carrega elementos de ficção científica e situações inspiradas nos bastidores da justiça brasileira. O enredo tem como fio condutor a morte de um mestre budista. A narrativa envolve o leitor numa trama baseada em descobertas acadêmicas recentes e surpreendentes no campo da neurologia e mescla o suspense com fatos reais da cena política e bastidores da justiça brasileira, revelando uma desconcertante promiscuidade entre o crime organizado e o poder, em Brasília.
 

Sol Promo

Foto: estudioclicka.com

Com uma equipe que atua junto há cinco anos, a Sol Promo ganha espaço e respeito no mercado de marketing promocional do Nordeste. Com uma cartela de clientes como Bunge, Vivo, Solar Coca-Cola e ASA, a empresa liderada por Alessandra Ambrósio (que há 15 anos trabalha com marketing promocional) consegue, como poucas, executar um job de ponta a ponta. “A Sol é uma das poucas que abraça os 360 graus desse mercado. Nós planejamos, criamos e operacionalizamos as demandas dos clientes, por isso muitos estão conosco ininterruptamente, como a Bunge, para a qual trabalhamos há quatro anos”, pontua Alessandra, que conta com o publicitário Fernando Nani (ex-Ampla e Ponto de Criação) como diretor de Criação, além de oito colaboradores diretos que dão suporte desde o planejamento das campanhas até o treinamento das equipes de promoção.

Negócios PE - 32ª Edição
Revista Negócios PE

Negócios PE - 32ª Edição

Matérias desta edição

Negócios PE - 32ª Edição
Negócios PE

Negócios PE - 32ª Edição

Apenas R$ 29,90
Publicidade | Publicidade 03 - Banner Matrias
PUBLICIDADE