Loading
fechar

Acesse o conteúdo da Revista

Se você não tem cadastro, Cadastre-se agora

Acesse o conteúdo completo Assine a Revista

Impressa ou digital, em até 12x no cartão

Carrinho

Seu carrinho contém

Item Valor

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00

Revista Negócios PE

Edição nº 142

R$ 130,00
Subtotal R$ 149,90

Matérias

Encontre a matéria abaixo ou pesquise aqui

ou por Revistas Guias Seções Cadernos Especiais

Editoriais » Negócios PE - 33ª Edição

Uma questão de justiça

Conversa Informal, com Drayton Nejaim

Observei com muita atenção a repercussão do prematuro desaparecimento do ex-governador Eduardo Campos na mídia estadual e nacional. E constatei que pouco ou nenhum foco havia sido direcionado ao registro da dimensão do presidenciável pernambucano como empreendedor e gestor público de valor. Isso para mim soou como uma oportunidade para inserir a Revista Negócios PE no contexto e registrar, com coerência jornalística e ineditismo póstumo, a liderança organizacional de Eduardo Campos, fator fundamental para que seus resultados à frente do Governo de Pernambuco fossem impactantes e o credenciassem a ser uma esperança nacional, um líder a quem todos no Brasil paravam para escutar.

Eduardo não era perfeito. Mas perseguia a perfeição de maneira admirável. Não era santo. Mas ninguém é. Dedicou seus dois mandatos como governador a mudar os parâmetros de desenvolvimento de Pernambuco. E mudou. Mudou de maneira contundente. Inquestionável. E construiu nesse ciclo um ambiente de otimismo, devolvendo a autoestima ao pernambucano. Pernambuco virou a bola da vez. Eduardo também era a bola da vez.

A morte de Eduardo espalhou o luto. Todos de luto pelo trágico desaparecimento de alguém que encarnava a esperança num Brasil melhor com tanta autoridade. Pernambuco, particularmente, perdeu um líder nacional já reconhecido internacionalmente. Essa perda deixa nosso Estado menor. A capacidade intelectual de Campos, seu carisma pessoal e postura empreendedora nos enchiam de orgulho. Envaideciam os pernambucanos. Eduardo colocou Pernambuco na vitrine pelas suas virtudes e não por suas fraquezas. Era o nosso estadista que queríamos dividir com o Brasil. E ele ia chegar lá. Por mérito.

Esta edição especial é um registro histórico para que todos se lembrem de Eduardo Campos também como um grande realizador organizacional, um líder empreendedor, o CEO de um Estado chamado Pernambuco, cuja obra e seus reflexos estão descritos com enorme competência pelo jornalista- chefe da revista, Beto Lago, e pelos articulistas da edição, o governador João Lyra, o prefeito Geraldo Julio, a economista Tania Bacelar e o professor Aurélio Molina. A todos, o nosso muito obrigado.

Eduardo, descanse em paz com o respeito e a admiração do seu povo.

Drayton Nejaim
Diretor e editor executivo
drayton@editoranegocios.com.br

Negócios PE - 33ª Edição
Revista Negócios PE

Negócios PE - 33ª Edição

Matérias desta edição

Publicidade | Publicidade 03 - Banner Matrias
PUBLICIDADE